Rescaldo: 10º BTT “Trilhos do Pisão”

Está de volta a festa da Taça de Maratonas de Beja! Estamos perante a terceira prova deste calendário realizada na localidade de Trigaches sobre a tutela do clube de BTT “Sempr’abrir”. A organização para este ano colocou à disposição dos atletas vários percursos (com vários níveis de dificuldade) escolherem de acordo com a sua preparação física. A nossa secção fez-se representada por três elementos, o Júnior Daniel Batista que irá fazer a sua estreia nesta taça, o Master A Miguel Rosa e o Master B Pedro Rodrigues.

A manhã ia dando sinais daquilo que os atletas iriam encontrar, um dia bastante quente, com o sol a convidar a ingerir uma dose de água acima daquilo que é normal. Devido às condições climatéricas adversas dos dias anteriores a organização optou por uma estratégia pouco habitual em maratonas, ou seja, para evitar a lama e o barro, a organização optou re-organizar a maratona em voltas. O percurso com 40km os atletas teriam que dar 2 voltas ao circuito, enquanto que os atletas do percurso maior teriam de dar 3 voltas ao circuito. Falar em circuito, o mesmo era comum para ambas as distâncias.

A partida deu-se bastante rápido, formando desde logo vários grupos com andamentos iguais, era um circuito bastante rolante, com alguns falsos planos, onde a força nas pernas para manter uma cadência constante faziam a diferença. A organização conseguiu colocar bastantes elementos no terreno, com bastantes pontos de água, fez com que água não faltasse a quem precisasse, já por outro lado houve aspectos menos bons como a falta de alguma marcação em certas zonas.

A nossa prestação foi muito boa, com o Daniel a mostrar que tem pernas para pedalar e que, certamente, irá lutar por uma boa classificação na taça. Terminou os 40km com um tempo total de 2h e 23min, alcançando a 72ª posição à geral e 6º na categoria de Júnior. O Miguel sentiu algumas dificuldades já na recta final da prova não só devido a ligeiros problemas físicos  como também à falta de alimento no estômago (um erro que se paga caro em prova), no entanto completou também os 40 em 3 horas, alcançando a 114ª posição à geral e 35º na sua categoria Master A. Por fim (isto por estar a falar nos atletas por ordem alfabética) o Pedro fez a sua prova ao seu ritmo, gerindo o esforço, só pecando pela ausência de banda sonora que o caracteriza. Fez a sua prova em 3h e 26min, alcançando a 129ª posição à geral e 40º na sua categoria Master B.

Para concluir, queremos agradecer aos nossos atletas que se deslocaram a Trigaches para passar mais uma manhã a fazer aquilo que gostam, a pedalar, e também à organização de Trigaches por proporcionar esta manhã bem passada. Esperamos vê-los em julho na nossa maratona para continuar os laços de amizade e fomentar este “intercâmbio” de BTT.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.